Quem era o jovem Giovane de 21 anos que morreu em explosão de apartamento

Jovem iria começar a faculdade neste ano.

Giovane de Lima Proença, um jovem de 21 anos, teve seus sonhos abruptamente interrompidos após uma explosão em seu apartamento em Ponta Grossa, Paraná.

A tragédia, que ocorreu na noite de segunda-feira, deixou a comunidade em choque e levantou questões sobre a segurança de instalações de gás em residências.

Natural de Ventania, Giovane morava sozinho há cerca de um ano no condomínio Universiflat, um complexo habitacional recente com menos de cinco anos de construção.

Além de ser recém-aprovado para cursar Artes Visuais na Universidade Estadual de Ponta Grossa, ele trabalhava como promoter em uma casa noturna local. Nas redes sociais, expressava seu amor pela arte, natureza e leitura.

A fatalidade ocorreu após um suspeito vazamento de gás. Giovane sofreu queimaduras graves, tanto externas quanto internas, e inalou fumaça, o que levou a sua morte no hospital.

Seu velório e sepultamento ocorreram em sua cidade natal, Ventania. A explosão danificou cerca de dez apartamentos do bloco, afetando portas e janelas, mas não levou à interdição do edifício.

Os moradores foram aconselhados a buscar abrigo temporário, e a administração do condomínio ofereceu acomodações em hotel. A mãe de Giovane, Vanderleia Moreira de Lima, revelou ter notificado a imobiliária sobre um cheiro de gás no apartamento uma semana antes do acidente.

Apesar do aviso, a situação não foi prontamente resolvida. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar o caso, e a perícia da Polícia Científica está em andamento.

O incidente levanta preocupações sobre a manutenção e segurança das instalações de gás, especialmente em construções mais novas. O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (CREA-PR) enviou uma equipe para inspecionar o local e avaliar a situação.

A comunidade de Ponta Grossa lamenta a perda de um jovem cheio de potencial e espera que este trágico evento sirva de alerta para a importância da segurança residencial.


Publicado

em

por