Quem é o jovem de 17 anos que perdeu vida após exercitar em academia, médico deu autorização para realização de atividade física

Nesta última quinta-feira (4), um jovem de 17 anos, cujo nome era Luan Rocha, veio a óbito após sentir-se mal durante uma sessão de exercícios em uma academia localizada na cidade de Maracanaú, localizada na Região Metropolitana de Fortaleza, capital do estado do Ceará.

O adolescente estava acompanhado de um amigo, realizando atividades na esteira da academia, quando começou a se sentir mal. Ele desligou o aparelho, sentou-se e acabou desmaiando.

Diante dessa situação, os funcionários do estabelecimento o encaminharam para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) mais próxima, mas infelizmente, ele não conseguiu resistir e veio a falecer.

Vale ressaltar que o jovem tinha iniciado suas atividades na academia há apenas duas semanas. De acordo com a família, o relatório de óbito de Luan indicou suspeita de infarto pulmonar, edema pulmonar, arritmia não-específica e cardiopatia dilatada.

Os familiares tinham suspeitas de que o jovem sofria de uma condição cardíaca conhecida como prolapso da válvula mitral, que pode prejudicar o fluxo sanguíneo. Segundo relatos da família, Luan já estava ciente dessa condição.

Apesar disso, o adolescente sempre solicitava a permissão dos pais para frequentar a academia e, antes de iniciar os exercícios, submeteu-se a exames médicos, sendo liberado para a prática de atividades físicas.

“Os médicos que ele foi falaram que ele podia fazer [academia] sim, podia ter a vida normal de um rapaz”, afirmou um parente da vítima.

Por meio de um comunicado oficial, a academia expressou pesar pela perda de Luan Rocha e decidiu suspender suas operações por um período de dois dias, em respeito ao luto. O velório do jovem aconteceu nesta sexta-feira (5).


Publicado

em

por