Quem é a jovem advogada que perdeu a vida junto com cliente em ataque a tiros – VÍDEO

o caso chocou a comunidade local.

Este caso ganhou uma enorme repercussão após se tornar destaque nos principais portais de notícias de todo o Brasil e provocou muita consternação na comunidade local.

Uma profissional do direito e seu cliente, que era suspeito de envolvimento no homicídio de um vaqueiro de 19 anos no último domingo (28), foram vítimas de disparos fatais na tarde desta terça-feira (30).

Os dois foram atacados enquanto deixavam a delegacia na cidade de Santo Antônio, localizada na Região Agreste do estado do Rio Grande do Norte.

Brenda dos Santos Oliveira, uma advogada de 26 anos, e Janielson Nunes de Lima, de 25 anos, conhecido como “Gordinho da Batata” e alvo de investigações da Polícia Civil, foram as pessoas atingidas pelos eventos trágicos.

Dentro do perímetro central da cidade, aproximadamente 600 metros de distância da delegacia que haviam recentemente deixado, ambos foram vítimas de um ataque fatal.

Conforme relatos da Polícia Militar, Brenda e Janielson foram alvejados por múltiplos disparos, resultando na colisão do veículo em que estavam com um ônibus na via.

Os dois, atingidos pelos tiros, perderam a vida instantaneamente, enquanto os responsáveis pelo ataque empreenderam fuga.

Nesta terça-feira (30), “Gordinho da Batata” havia sido detido pela Polícia Militar na cidade de Arez e, posteriormente, conduzido até a Delegacia de Santo Antônio, que se encontra a cerca de 30 quilômetros de distância.

Entretanto, o suspeito foi liberado, pois não havia mandado de prisão contra ele, e não havia flagrante válido para o crime que estava sob suspeita, conforme esclareceu a Polícia Civil.

A Polícia Civil confirmou que Janielson Nunes de Lima era um dos indivíduos sob investigação no caso da morte de João Victor Bento da Costa, ocorrida durante uma vaquejada no domingo.

No entanto, ressaltou que há outras linhas de investigação em andamento relacionadas a esse incidente. Para assistir ao vídeo CLIQUE AQUI!

A Ordem dos Advogados do Brasil do Rio Grande do Norte (OAB-RN), por meio de um comunicado, informou que solicitou ao secretário de Segurança Pública do Estado, Coronel Francisco Araújo, uma supervisão rigorosa das investigações.

Além disso, designou uma comissão para acompanhar de perto o andamento do inquérito policial. A OAB também assegurou que irá fornecer apoio à família de Brenda, oferecendo assistência necessária diante da trágica situação.


Publicado

em

por