Pai de jovem expõe como foi o comportamento do jogador do Corinthians após desmaio: “Parece que queria se livrar”

O pai da jovem contou como foi o comportamento do jogador do Corinthians após ter se deparado com a situação de Livia.

As mensagens entre a jovem Livia e o jogador Dimas, do Corinthians, revelam os bastidores do encontro trágico que resultou na morte da estudante de enfermagem de 19 anos.

Diversos canais de comunicação tiveram acesso ao conteúdos dessas conversas por celular e acabaram expondo o teor das mensagens, o que deu uma nova dimensão a todo o caso exposto.

O encontro ocorreu na última terça-feira, dia 30 de janeiro, e o atestado de óbito aponta uma ruptura na escavação retouterina como causa da morte.

Livia e Dimas se conheciam desde 2023, trocando mensagens frequentes. A família da jovem afirma que eles iriam sair, enquanto o advogado do jogador alega que seria o primeiro encontro presencial.

O pai de Livia, Rubens Matos, estranhou o comportamento de Dimas após o incidente, percebendo falta de preocupação com a jovem. O jogador tinha uma passagem comprada para João Pessoa-PB após o encontro, o que levantou suspeitas sobre suas intenções.

Parece que queria se livrar de alguma coisa que ia complicar ele, tive impressão. Senti nele muita apatia, sem compaixão nenhum“, declarou ele, ao falar sobre as atitudes de Dima, diante do ocorrido.

Rubens questionou se houve abuso sexual, negado por Dimas, embora o pai tenha suspeitado disso devido ao sangramento vaginal de Livia.

O advogado do atleta alega que não houve crime, ressaltando que Dimas está sendo tratado como testemunha de uma morte desconhecida e não praticou nenhum crime.

A tragédia levanta questões sobre as circunstâncias do encontro e as versões conflitantes entre as partes envolvidas, destacando a complexidade do caso e a necessidade de uma investigação detalhada.


Publicado

em

por