MG: menina desaparecida é encontrada sem vida em matagal

O mistério do desaparecimento de Bárbara Vitória, de 10 anos, terminou tragicamente nessa última terça-feira, 2 de fevereiro. O corpo da menina foi encontrado pela manhã em um matagal no município de Ribeirão das Neves, Grande Belo Horizonte (MG).

De acordo com informações exclusivas da TV Globo, o corpo da criança foi encontrado por uma estudante que auxiliava a Polícia Civil nas buscas.

“Eu pensei assim: ‘Vou procurar no campo e num brejo que tem ali embaixo perto do Pedra Branca porque é onde eles geralmente jogam o corpo se algo tiver acontecido’. Eu vim no campo, o pessoal estava jogando bola e eu comecei a afundar lá para dentro, foi onde vi a menina deitada. Na hora que eu vi a menina deitada, já voltei, já gritei o pessoal, ‘gente, pelo amor de Deus, chama a polícia que a menina de 10 anos está morta aqui’”, disse Kate Botelho.

Existem relatos de que o corpo estava amordaçado e vestido apenas com uma camisa do clube Atlético-MG, a mesma que ela trajava no dia do desaparecimento. A menor estava desaparecida desde o último domingo, 31. Ela tinha saído de casa e ido até uma padaria comprar pão para a família, no entanto, não voltou mais para casa.

Câmeras de vídeo monitoramento flagraram Bárbara no estabelecimento e, em seguida, em uma rua da cidade. Em certa altura, a garota surge correndo, aparentemente fugindo de dois homens, que também correm pela via logo depois.

Um rapaz chegou a ser preso como suspeito nesse crime bárbaro, porém foi liberado por falta de provas logo em seguida.

Relembre o caso

O pai da criança, Rogério Flores, disse que Bárbara brincava em frente à residência da família, no bairro Mantiqueira, Região de Venda Nova, em Belo Horizonte, no limite com Ribeirão das Neves.

Era o último dia de férias escolares e, por volta das 17h30, ele pediu que a menina fosse à padaria, que fica a uns cincos minutos de sua casa. Ela compraria pães para o café da família. Um percurso que, de acordo com o pai, a criança já tinha o há costume de fazer.


Publicado

em

por