‘Era meu grudezinho’: Avô de menina encontrada sem vida em represa após sumir em Itaguaçu gera comoção – VÍDEO

Após o achado do corpo da garota Maria Antônia Zimmermann Pereira, de quatro anos, em uma represa na cidade de Itaguaçu, no Noroeste do Espírito Santo, o avô adotivo da criança, Walter Antônio Neuamnn, recordou os recentes momentos que compartilhou com a neta.

“Era meu ‘grudezinho’. Fui na casa deles no domingo à noite e ela ficou: ‘vamos vovô, nós queremos ir para casa do vovô’. Perguntei o motivo e ela disse que era para fazer bagunça”, revelou o avô desolado com a perda precoce da netinha.

A menina estava desaparecida desde a manhã da última segunda-feira (18), e seu corpo foi encontrado na terça-feira (19), causando uma enorme comoção entre os familiares e moradores da região.

A represa onde ocorreu a descoberta do corpo da menina está situada aproximadamente a 2 quilômetros do local onde Maria Antônia e seus familiares pretendiam celebrar o Natal.

O acesso até a represa é desafiador, caracterizado por vegetação alta, encostas íngremes e a presença de animais ao longo do percurso, como a menina chegou até o local continua sendo um mistério.

As análises preliminares apontam que a menina possivelmente se afogou, e não há evidências de violência. O avô adotivo enfatizou que é improvável que ela tenha alcançado a represa por conta própria.

De acordo com parentes, Maria Antônia foi avistada pela última vez brincando no quintal da casa da avó. Posteriormente, ela teria se distraído e dirigindo-se à porteira à procura do avô adotivo.

Para assistir ao vídeo CLIQUE AQUI!

Solange Zimmermann, mãe da garotinha, afirmou que a família viajou para a zona rural de Itaguaçu para passar o Natal com a família. Ela revelou que no dia em que a filha desapareceu estava realizando uma faxina no imóvel para que todos pudessem passar o Natal juntos.


Publicado

em

por