‘Crueldade maior que Richthofen’: jovem paga a amigo para matar os pais em SC

Crime chocou cidade de Indaial, em Santa Catarina.

A polícia civil de Santa Catarina investiga um homicídio brutal ocorrido em Indaial (SC). Segundo as informações, um rapaz de 18 anos foi responsável por encomendar as mortes dos próprios pais.

De acordo com o que a polícia já conseguiu descobrir, o rapaz contratou um amigo e ordenou a morte dos pais. O pagamento seriam R$50 mil em dinheiro, mais um carro que pertencia a família.

O pai foi executado enquanto dormia. A vítima foi identificada como Márcio Elizeu Melo, de 45 anos, que era empresário. Já a mãe foi brutalmente esfaqueada, mas sobreviveu e esta em estado grave no hospital.

Os dois planejavam dividir o crime: o filho mataria o pai, enquanto o amigo mataria a mãe. Márcio, no entanto, acordou e enfrentou os criminosos antes de ser morto. Os dois então esfaquearam a mãe do agressor e fugiram.

Segundo apurou a polícia, os dois usaram facas da própria cozinha do casal, já que teriam perdido a arma do crime no caminho. O crime vinha sendo planejado há cerca de dois meses.

Em depoimento à polícia, o rapaz admitiu o crime e afirmou que “tinha ódio muito grande dos pais, por questões envolvendo tratativos do dia a dia”. Ele alegou que era tratado como um “mero funcionário“.

Para o delegado a frente do caso, o caso foi marcado por uma “crueldade maior que caso de Richthofen“. O nome da mãe não foi revelado, ela segue internada e não foram divulgados maiores detalhes sobre seu estado de saúde.


Publicado

em

por