Chegam ao fim as buscas pelas três crianças que desapareceram ao saírem de casa; elas foram encontradas em local que ninguém esperava

Três crianças, com idades de seis, 10 e 12 anos, que estavam desaparecidas desde a última quinta-feira, dia 21 de dezembro, foram encontradas na última sexta-feira na Avenida Brasil, altura de Santíssimo, na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro.

As três crianças foram encaminhadas ao Conselho Tutelar de Campo Grande, localizado na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. Posteriormente, os menores de idade foram transferidos para um abrigo, onde permanecem até o momento.

O pai das três crianças desaparecidas, que são irmãos entre si, foi identificado como o pastor evangélico Rafael Souza de Lima, de 42 anos de idade.

O pastor evangélico afirmou ter entrado em contato com o Conselho Tutelar na tentativa de visitar seus filhos; no entanto, o Conselho Tutelar informou que ele só poderá visitá-los a partir da próxima terça-feira.

De acordo com os registros da ocorrência, as três crianças saíram juntas de casa na Vila Kennedy, localizada na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, depois que o pai saiu na companhia dos dois filhos mais velhos, de 14 e 13 anos, para irem ao mercado. Quando o pastor evangélico retornou para casa, percebeu que os três filhos mais novos não estavam lá.

Por conta disso, o pai iniciou um esforço de busca para descobrir o paradeiro de seus filhos. Ele procurou informações junto aos vizinhos que pudessem ter testemunhado algo a respeito.

O desaparecimento das crianças foi registrado na 34ª Delegacia de Polícia, localizada em Bangu. Posteriormente, a ocorrência foi encaminhada para as mãos da Delegacia de Descoberta de Paradeiros, o DDPA.


Publicado

em

por